IGP-M
Índice Geral de Preços - Mercado

O que é IGP-M?

O IGP-M, sigla para Índice Geral de Preços - Mercado, é um indicador econômico calculado pela FGV com o objetivo de medir a variação dos preços de diversos produtos e serviços no Brasil. Junto do IPCA, eles representam os dois principais indicadores de inflação no país.

Por ser utilizado como base para reajuste de valores na maioria dos contratos de locação de imóveis, o IGP-M ficou popularmente conhecido como a "inflação do aluguel". Contudo, também é possível encontrarmos o índice sendo aplicado nos reajustes de mensalidades escolares, de tarifas de energia elétrica e de determinadas modalidades de seguros e planos de saúde.

Este índice é uma das versões do IGP (Índice Geral de Preços), além do IGP-DI e do IGP-10. Os valores dos índices da "família" IGP são compostos pela média dos valores de outros três índices: o IPA (Índice de Preços ao Produtor Amplo), o IPC (Índice de Preços ao Consumidor) e o INCC (Índice Nacional de Custo da Construção). Este é o motivo do IGP ser nomeado como um índice "geral" de preços.

Esses quatro índices são divulgados pela FGV em versões representadas como "DI" (Disponibilidade interna), "10" (Dez) e "M" (Mercado). O que diferencia cada uma delas é o período em que ocorre a coleta dos preços utilizados no cálculo:

  • IPA-DI, IPC-DI, INCC-DI e IGP-DI: a coleta ocorre entre o primeiro e último dia do mês de referência do índice;
  • IPA-10, IPC-10, INCC-10 e IGP-10: a coleta ocorre entre o dia 11 do mês anterior e o dia 10 do mês de referência do índice;
  • IPA-M, IPC-M, INCC-M e IGP-M: a coleta ocorre entre o dia 21 do mês anterior e o dia 20 do mês de referência do índice.

Como é calculado o IGP-M?

O valor mensal do IGP-M é definido a partir da média aritimética ponderada das versões "M" dos índices IPA, IPC e INCC, sendo que para cada é atribuído um peso específico no cálculo:

  • IPA-M: Peso de 60% na composição do IGP-M;
  • IPC-M: Peso de 30% na composição do IGP-M;
  • INCC-M: Peso de 10% na composição do IGP-M.

Conforme explicado anteriormente, o cálculo do IGP-M, assim como nas versões "M" dos demais índices, considera apenas os preços coletados entre o dia 21 do mês anterior e o dia 20 do mês referência do índice.

É possível simular a correção de valores pelo IGP-M através da calculadora do IGP-M, disponibilizada pelo Banco Central.

Publicações e valores do IGP-M

O valor do IGP-M é publicado mensalmente pela FGV, geralmente no final do mês de referência do índice. O último valor mensal do IGP-M foi de 0,21%, referente a julho de 2022. A próxima publicação ocorrerá em 30/08/2022 e será referente a agosto de 2022.

O valor atual do IGP-M é 10,07% ao ano, que representa o valor acumulado do índice nos últimos 12 meses. Com relação aos valores acumulados no ano passado e no ano atual:

  • O valor acumulado do IGP-M em 2021 foi de 17,79%;
  • O valor acumulado do IGP-M em 2022 é de 8,39%, considerando os valores deste ano até o mês de julho;

Para consultar o calendário de publicação e todos os valores históricos do indicador, desde a sua criação no ano de 1989, acesse a página Valores do IGP-M da Brasil Indicadores.

Indicadores relacionados ao IGP-M

double_arrow

IPCA

O IPCA e o IGP-M são considerados os dois principais indicadores de inflação no Brasil. Consulte:
O que é IPCA? | Valores do IPCA
double_arrow

IGP

O IGP-M faz parte da "família" de índices do IGP. Consulte:
O que é IGP? | Valores do IGP-10 | Valores do IGP-M | Valores do IGP-DI
double_arrow

INCC-M, IPC-M e IPA-M

A partir de um cálculo envolvendo o valor desses três índices é encontrado o valor do IGP-M. Consulte:
Valores do INCC-M | Valores do IPC-M | Valores do IPA-M
double_arrow

IVAR

O IVAR é um índice "candidato" a se tornar o índice base para os contratos de aluguel de imóveis residenciais. Atualmente costuma-se utilizar o IGP-M ou o IPCA nesses contratos. Consulte:
O que é IVAR? | Valores do IVAR