Taxa Selic
Taxa de Juros do Sistema Especial de Liquidação e de Custódia

O que é a Taxa Selic?

A Taxa Selic é a taxa básica de juros da economia brasileira. Definida pelo Banco Central, ela influencia outras taxas de juros, como as que são cobradas em empréstimos e financiamentos, e seu valor impacta nos rendimentos de diversas categorias de aplicações financeiras.

Devido a essa abrangência, a Taxa Selic é a principal ferramenta disponível para controlar a inflação no Brasil, ou seja, para controlar o aumento dos preços dos produtos e serviços. Periodicamente, o Banco Central pode aumentar ou diminuir o valor desta taxa, com o intuito de tentar "frear" o aumento dos preços ou para incentivar o consumo dos produtos e serviços.

É importante destacar a diferença entre o termo Taxa Selic e o termo Selic (Sistema Especial de Liquidação e Custódia). Selic não é uma taxa, mas sim um sistema controlado pelo Banco Central para compra e venda de títulos do Tesouro Nacional. Em outras palavras, é uma espécie de mercado, pelo qual os títulos são negociados diariamente de forma eletrônica, porém apenas bancos e instituições financeiras estão autorizados a acessá-lo.

No sistema Selic, quando uma instituição compra títulos através dele, é como se a mesma estivesse "emprestando" dinheiro ao governo. A taxa de juros que o governo paga por cada empréstimo tem como referência justamente o valor da Taxa Selic vigente no período.

Como é calculada a Taxa Selic?

A cada 45 dias, um órgão interno do Banco Central chamado COPOM (Comitê de Política Monetária) se reúne para discutir o cenário da inflação no país e tomar decisões sobre os rumos da política monetária, dentre elas, a definição de uma meta de valor para a Taxa Selic.

É importante destacar que a Taxa Selic possui duas modalidades: a Taxa Selic Meta e a Taxa Selic Over. Cada uma delas será apresentada mais detalhadamente a seguir.

Taxa Selic Meta

A Taxa Selic Meta é a taxa definida pelo COPOM como meta anual, conforme mencionado anteriormente. O valor dessa taxa representa o alvo a ser alcançado pelo Banco Central para a Taxa Selic "efetiva".

Desta forma, as negociações dos títulos do Tesouro Nacional, realizadas através do sistema Selic, terão como referência o valor da meta para atribuição dos juros, a fim de conduzir a taxa efetiva o mais perto possível da taxa meta.

Taxa Selic Over

Basicamente, é a taxa de juros praticada quando uma instituição financeira empresta dinheiro para outra e usa, como garantia, os títulos públicos adquiridos no Banco Central (como explicado acima). Isto significa que a Taxa Selic Over influencia diretamente na determinação do valor do CDI. Historicamente o valor da Taxa Over fica ligeiramente inferior à Taxa Meta, sendo a diferença em torno de 0,10 ponto percentual.

Publicações e valores da Taxa Selic

O valor atual da Taxa Selic é de 13,25% ao ano, que representa a meta anual. Este valor foi definido na reunião de 15/06/2022 do COPOM.

A próxima reunião ocorrerá em 03/08/2022, na qual será definido o valor da nova meta. Como citado anteriormente, as reuniões ocorrem em intervalos de aproximadamente 45 dias. É possível consultar as datas de todas reuniões previstas através do calendário de reuniões do COPOM.

Por se tratar do valor da meta da Taxa Selic, os valores da taxa definidos pelo COPOM não costumam ser apresentados de modo "acumulado". Porém, é comum encontrarmos os valores acumulados da Taxa Selic Over. Seguem abaixo os valores acumulados no ano passado e no ano atual da mesma:

  • O valor acumulado da Taxa Selic Over em 2021 foi de 4,42%;
  • O valor acumulado do Taxa Selic Over em 2022 é de 5,42%, considerando os valores deste ano até o mês de junho;

Para consultar todos os valores históricos da Taxa Selic Meta e da Taxa Selic Over, acesse a página Valores da Taxa Selic da Brasil Indicadores.

É possível simular a correção de valores pela Taxa Selic através da calculadora da Taxa Selic, disponibilizada pelo Banco Central.

A Taxa Selic e os investimentos

A Taxa Selic influencia os investimentos tanto de forma direta quanto de forma indireta. Sua influência direta pode ser vista em certos tipos de aplicações financeiras, as que utilizam o valor da Taxa Selic no cálculo dos seus rendimentos. Já a influência indireta é percebida em grande parte das aplicações de "renda fixa".

Nos tópicos abaixo são apresentadas algumas dessas categorias de investimento que são impactadas pela Taxa Selic.

Títulos Públicos (Tesouro Direto)

O Tesouro Selic é um título público cuja rentabilidade está indexada à taxa Selic. Quando a taxa Selic é reduzida, também fica menor a rentabilidade do título – e o mesmo vale para a situação contrária: um aumento na taxa Selic torna os títulos públicos mais vantajosos.

Os títulos públicos são ativos de renda fixa emitidos pelo Governo Federal através do Tesouro Direto e têm o objetivo de captar recursos financeiros para financiar as atividades do governo.

Esses títulos estão disponíveis para compra por pessoas físicas, como forma de investimento. Em troca, o governo paga uma remuneração aos seus investidores.

Uma das categorias dos títulos públicos é chamada de "Tesouro Selic" e possui rentabilidade atrelada à Taxa Selic.

Caderneta de Poupança

A Poupança também é influenciada pela Taxa Selic. Isso ocorre porque o cálculo dos rendimentos da Poupança combina regras envolvendo a Taxa Selic e a TR (Taxa Referencial):

  • Se o valor da Taxa Selic estiver acima de 8,5% ao ano: a Poupança deverá render mensalmente 0,5% mais o valor da TR no mês em questão;
  • Se o valor da Taxa Selic estiver igual ou abaixo de 8,5% ao ano: a Poupança deverá render mensalmente o correspondente a 70% do valor da Taxa Selic mais o valor da TR no mês em questão;

Indicadores relacionados à Taxa Selic

CDI

O valor do CDI acompanha os acréscimos e decréscimos da Taxa Selic. Devido a isso, os dois indicadores possuem valores sempre muito próximos. Consulte:
O que é CDI? | Valores do CDI

IPCA e IGP-M

A Taxa Selic é a principal ferramenta para controlar a inflação no Brasil, que é medida através do IPCA e do IGP-M. Consulte:
Valores do IPCA | Valores do IGP-M

Taxa Referencial

Assim como a Taxa Selic, a Taxa Referencial também é utilizada no cálculo do valor da Poupança. Consulte:
O que é a Taxa Referencial? | Valores da Taxa Referencial

Poupança

A Taxa Selic atualmente é utilizada no cálculo do valor mensal da Poupança. Consulte:
Rendimentos da Poupança